Sonhos de uma Noite com ::Ela!

by osenhord

apresentadores-curto-circuito-sic-radical

[17:01:44] *** curto.circuito has shared contact details with Daniel Alexandre. ***
[17:16:39] curto.circuito: diz-me o teu primeiro e último nome, idade e localidade
[17:17:34] Daniel Alexandre: Engenheiro Daniel Alexandre, 39 anos, Londres (Sou licenciado em Engenharia Informática)
[17:21:48] Daniel Alexandre: Uma das coisas que eu queria contar: que este ano vi a cerimónia dos Óscares através do Periscope. E que era bués de fixe que as pessoas tivessem por hábito fazer periscope dos seus televisores. Tipo #RTP1, #RTP2, #RTP3, #SIC, #SicNoticias, #SicRadical, etc, etc
[17:24:21] Daniel Alexandre: Tambem gostava de contar uma anedota que é a seguinte: “O que é que o pastel de nata diz para o chantili?” “Sai daqui, eu sou dos morangos”. Hehe. Eh muita giga, a sério!
[17:26:57] Daniel Alexandre: E tb delirava de poder falar com Rita, nesta altura de Castings 2017. Dar-lhe um beijinho, e assim. Uma vez vcs fizeram uma festa, acho que era a festa dos buzios, na Discoteca Katedral na Praia da Rocha. E eu fiquei super entusiasmado. Adorava ter ido, mas nao deu mesmo. Pena. Juro que bebia 5 Vodkas de golada para estar 5 minutos com a Rita C.
[17:27:42] Daniel Alexandre: Gosto muito dos apresentadores do CC e vou ter pena de os ver ir. Espero poder ve-los em outras coisas. Claro.
[17:28:44] Daniel Alexandre: Gostei de um programa especial em que estavam as maes de todas as apresentadoras do CC, na altura, e o pai da Rita Camarneiro.
[17:30:09] Daniel Alexandre: Rita: With or without periscope you will always be in my heart. I love you all.
[17:31:05] Daniel Alexandre: Adorei ouvir-vos mas a chamada caiu
[17:32:35] Daniel Alexandre: Vou ligar o outro laptop
[17:32:55] Daniel Alexandre: Este laptop eh novo e tem Ubuntu. So um segundo. Vou ligar o outro
[17:36:29] *** Call to curto.circuito, no answer.
Send video message ***
[17:36:58] Daniel Alexandre: Peço desculpa pelo pequeno problema de há bocado
[17:37:20] Daniel Alexandre: Já estou no outro laptop
[17:38:59] Daniel Alexandre: A Rita Merece +
[17:39:02] Daniel Alexandre: Hehe
[17:40:52] Daniel Alexandre: Adorava um dia andar a cavalo com a Rita, eu num cavalo castanho e ela num lusitano branco cinza.
[17:41:15] Daniel Alexandre: Depois fazíamos uma fogueira na praia e comíamos castanhas
[17:42:27] Daniel Alexandre: Então a Rita, dizia, “Sabes Daniel…” “comer castanhas na praia contigo é muito bom.”
[17:43:52] Daniel Alexandre: “Acho mesmo que a tua ideia de irmos os dois a cavalo pela praia foi genial.” “Se o teu cérebro fosse do tamanho destas castanhas eu começava a achar que tu tens um chip” “És tão especial Daniel”
[17:44:41] Daniel Alexandre: “Eu…” “Eu…” “Eu amote. Amote tanto” Depois beijávamos e passava a música The Reason dos Hoobastant
[17:45:09] Daniel Alexandre: E eu… não sei… Acho que eu delirava. Era tão bom. Eu adoro a Rita…
[17:45:36] Daniel Alexandre: Ela é uma boneca. Eu tenho a certeza. Ela é uma boneca…
[17:46:36] Daniel Alexandre: Tenho que ir fazer chichi. Já volto.
[17:49:30] Daniel Alexandre: Eu acho que fazia um filme só com a Rita. Quer dizer… eu e a Rita. O filme era: Eu e a Rita, uma história extremamente simples senão mesmo básica
[17:49:51] Daniel Alexandre: O filme tinha 110 minutos.
[17:50:14] Daniel Alexandre: Era quase todo passado com nós os dois na cama, cada um com o seu laptop
[17:51:02] Daniel Alexandre: Ela estava do lado esquerdo, com o telefone ao lado. E eu do lado da porta. Que na verdade era a porta de um cofre.
[17:51:33] Daniel Alexandre: A verdadeira porta era numa janela fictícia cuja fachada permitia a entrada e saída de pessoas
[17:52:00] Daniel Alexandre: O filme era só eu e a Rita. Cada um com o seu laptop, na cama.
[17:52:48] Daniel Alexandre: Mas a meio do filme a Rita ia à cozinha buscar umas cenas para comermos. Tipo umas tostas de pao integral e manteiga de amendoim
[17:53:14] Daniel Alexandre: De resto estávamos sempre na capa, cada um com o seu laptop
[17:53:25] Daniel Alexandre: Havia quatro cameras a filmar
[17:53:33] Daniel Alexandre: Quatro ângulos, portanto.
[17:54:13] Daniel Alexandre: Durante todo o filme, nós víamos nos nossos laptops animações de arte do openprocessing.org
[17:55:07] Daniel Alexandre: E a Rita dizia “Espera, se o filme era só nós na cama com os laptops quando é que tu irias acordar?”
[17:56:21] Daniel Alexandre: E eu dizia “Rita, tu não percebes, isto não é só um filme. Isto é muito mais… Isto é o maior campeonato do mundo do openprocessing.org. Nós somos o júri. Somos nós quem decide”
[17:57:49] Daniel Alexandre: E a Rita dizia. “Sabes que eu te amo. Eu amo-te mais do que ao LabVIEW e ao Processing. Até mais do que ao Old Village. Eu amote completamente. Mesmo a Amazon não chega aos teus pés.” “E quando me beijas eu vou literalmente ao céu.”
[17:58:18] Daniel Alexandre: “Vou e fico lá durante várias horas, a curtir o sabor quente e molhado da tua boca”
[17:59:34] Daniel Alexandre: “Dizer que tu me fazes navegar… é pouco. Isso seria dizer que o Processing é coisa de putos. E nós sabemos que não é.” “Nós amamos completamente o processing e o LabVIEW” “Nós sabemos isso”
[18:01:14] Daniel Alexandre: Depois eu ligava a MagicFM e dizia: “Hoje se não houvesse nem um anúncio eu anunciava a chegada ao Paraíso”
[18:03:19] Daniel Alexandre: E a Rita “Não nos podemos desconcentrar. Temos milhões e milhões de obras de arte Processing para curtir os dois nesta noite. Nestas duas horitas de filme temos que aproveitar ao máximo um do outro e se possível curtir ao máximo um com o outro e com o Processing. Esquece o LabVIEW e a Amazon. Hoje tu és só meu e do Processing”
[18:05:27] Daniel Alexandre: “Rita, será que há mais algum Xarope assim? Eu também quero. Isto não só é doce e faz bem. Isto é a essência do Amor e do Processing”. E eu dizia: “E do LabVIEW, Rita.”
[18:07:27] Daniel Alexandre: E a Rita dizia “Claro, Daniel, e do LabVIEW. Eu amo-te até ao infinito e aos astros.” “Rita, mas tu não és LabVIEW nem Processing”. E a Rita, “Claro, que sou Daniel. Eu sou LabVIEW e Processing. E até Amazon, Daniel. Está tudo dentro de nós e do nosso amor mais que infinito.”
[18:08:42] Daniel Alexandre: “Mas como Rita. Isso não é possível. Tu és a boneca mais linda. ” e a Rita, “Sim, Daniel, sou isso e também sou LabVIEW e Processing”. “Acredita, Daniel, o nosso Amor não tem fim. “Nunca vai ter.”
[18:12:55] Daniel Alexandre: “O que achas deste, Amor?” “O que eu acho, Rita? Eu amo-vos tanto. Gosto. Gosto muito. Mais do que do Processing, devo dizer. “Mais do que do Processing e do que do LabVIEW”. THE END

 

Anúncios